Desordem de la Ordem

Seja bem-vindo. Smile
Registre-se ou faça Login para ter acesso completo ao fórum.
Desordem de la Ordem

Narrador: eita carai


Porque as pessoas são tão... burras?

avatar
Convidado
Convidado

Porque as pessoas são tão... burras? Empty Porque as pessoas são tão... burras?

Mensagem por Convidado em 2010-02-27, 7:53 pm

Esse é um texto para que você reflita, não é pra ficar respondendo todas as perguntas, mas sim a pergunta principal.

-

Porque as pessoas são tão... burras?
Porque os jovens ricos agem como se isso fosse por causa deles?
Porque os jovens ricos não tem a mínima noção de que eles só são ricos por causa dos pais deles?
Porque a classe alta discrimina a classe baixa?
Porque devemos conceituar uma pessoa pelo que o pai dela é? Ela não pode ser diferente?
Porque ao mesmo tempo que a classe alta discrimina a classe baixa, ela copia coisas dessa classe?
Porque a grande maioria (de todas as classes) não consegue pensar outside the box?
Porque a maioria dos pobres é burra?
Porque também a maioria dos ricos é burra?
Porque diabos as pessoas não são avaliadas pela sua capacidade, e não pelo seu legado familiar?

Cansei de ver "mimimi, pobre deve fazer escola técnica e trabalhar como peão, já que não consegue pagar faculdade". Gosto bastante do ODD porque praticamente não vejo isso aqui, fora alguns loucos. Por sorte temos pessoas cabeças aqui. De cara posso citar Bob Joe e Wingprateado, que sei que concordarão comigo.

Um dos poucos tópicos meus nessa seção, dissertem ae =)
avatar
Convidado
Convidado

Porque as pessoas são tão... burras? Empty Re: Porque as pessoas são tão... burras?

Mensagem por Convidado em 2010-02-27, 8:21 pm

essa é uma otima pergunta.
nós vivemos em uma sociedade ridicula, como você disse
as pessoas nao sao medidas pela sua capacidade, e sim pelp seu legado familiar.
ta loco, as vezes pessoas muito idiotas ficam la encima com um facilidade enorme
e pessoas qe ao contrario tem capacidade e e lutam só se fodem
nao entendoe ssa porra
avatar
Convidado
Convidado

Porque as pessoas são tão... burras? Empty Re: Porque as pessoas são tão... burras?

Mensagem por Convidado em 2010-02-27, 9:36 pm

não vê?

le os posts do tezca e de alguns outros ricos daqui.

acho ridiculo isso na moral.,
avatar
Convidado
Convidado

Porque as pessoas são tão... burras? Empty Re: Porque as pessoas são tão... burras?

Mensagem por Convidado em 2010-02-27, 9:54 pm

Porque as pessoas são tão... burras? 1266603895067
avatar
Convidado
Convidado

Porque as pessoas são tão... burras? Empty Re: Porque as pessoas são tão... burras?

Mensagem por Convidado em 2010-02-27, 10:12 pm

As pessoas são rotuladas, se acostumam com isso e por isso muitos pobres acham que não vão ter futuro,que não vão conseguir estudar em algum lugar decente,ter um bom emprego
A mesma coisa com ricos,os caras acham que têm tudo,que nunca vão perder nada,que podem abusar pq têm dinheiro e podem pagar muitas coisas

Claro que há excessões nisso,e não são poucas

Muitas pessoas têm preguiça de pensar,preguiça de levantar a cabeça e falar "Vou fazer isso" elas se contentam em apenas sonhar,olhar,imaginar o que poderiam ser

Xico postou uma imagem que diz exatamente isso
avatar
Convidado
Convidado

Porque as pessoas são tão... burras? Empty Re: Porque as pessoas são tão... burras?

Mensagem por Convidado em 2010-02-27, 10:18 pm

certa vez um rico pesquisador atravessava o rio amazonas de balsa,
entediado com a viagem, foi até o convés e lá encontrou um humilde pescador.
-oi, tudo bom?
-bão sim...
-o que o sr. faz da vida? -pergunta o pesquisador
-nada, só pesco mesmo..
-o senhor tem algum estudo?
-nao :/
-putz o senhor perder metade da sua vida...
nesse momento a balsa começa a afundar todos desesperados começam a se jogar na agua...
-o senhor sabe nadar? -pergunta o pescador ao cientista..
-nao :S
-putz, acho que o senhor perdeu sua vida toda

moral da historia:
pior que a pessoa ser burra, é a pessoa ser burra e se sentir inferior por isto.
sendo que o que a unica coisa que realmente importa na vida é ser feliz, limpinho e transar bastante.

existem dezenas de tipos de inteligencia. rotular, discriminar, subjulgar alguém por ser pobre e
nao letrado é coisa de gnt imbecil e medíocre. tem cara que tem 5 faculdades e o escambau
mas nunca viu uma boceta na vida. intao nem do moral pra esses senhores que se acham os fodoes.
avatar
Convidado
Convidado

Porque as pessoas são tão... burras? Empty Re: Porque as pessoas são tão... burras?

Mensagem por Convidado em 2010-02-27, 10:25 pm

Ermac escreveu:certa vez um rico pesquisador atravessava o rio amazonas de balsa,
entediado com a viagem, foi até o convés e lá encontrou um humilde pescador.
-oi, tudo bom?
-bão sim...
-o que o sr. faz da vida? -pergunta o pesquisador
-nada, só pesco mesmo..
-o senhor tem algum estudo?
-nao :/
-putz o senhor perder metade da sua vida...
nesse momento a balsa começa a afundar todos desesperados começam a se jogar na agua...
-o senhor sabe nadar? -pergunta o pescador ao cientista..
-nao :S
-putz, acho que o senhor perdeu sua vida toda

moral da historia:
pior que a pessoa ser burra, é a pessoa ser burra e se sentir inferior por isto.
sendo que o que a unica coisa que realmente importa na vida é ser feliz, limpinho e transar bastante.

existem dezenas de tipos de inteligencia. rotular, discriminar, subjulgar alguém por ser pobre e
nao letrado é coisa de gnt imbecil e medíocre. tem cara que tem 5 faculdades e o escambau
mas nunca viu uma boceta na vida. intao nem do moral pra esses senhores que se acham os fodoes.

Ao dizer que ele não tem moral porque "nunca viu uma boceta na vida", você não esta rotulando? Discriminando? Subjugando?

Aliás, descobri que sou uma bosta. Não sou feliz, nem transo.
avatar
Convidado
Convidado

Porque as pessoas são tão... burras? Empty Re: Porque as pessoas são tão... burras?

Mensagem por Convidado em 2010-02-27, 10:42 pm

Xico escreveu:
Ermac escreveu:rotular, discriminar, subjulgar alguém por ser pobre e
nao letrado
é coisa de gnt imbecil e medíocre. tem cara que tem 5 faculdades e o escambau
mas nunca viu uma boceta na vida. intao nem do moral pra esses senhores que se acham os fodoes.

Ao dizer que ele não tem moral porque "nunca viu uma boceta na vida", você não esta rotulando? Discriminando? Subjugando?

Aliás, descobri que sou uma bosta. Não sou feliz, nem transo.


nao dar moral=ignorar.

ignorar=/= discriminar.

alem do mais vc é um vc é um bosta muito querido por todos aqui. seu bosta.
avatar
Convidado
Convidado

Porque as pessoas são tão... burras? Empty Re: Porque as pessoas são tão... burras?

Mensagem por Convidado em 2010-02-27, 11:00 pm

É ele é a merda mais legal da OdD I love you


Última edição por Sodocu em 2010-02-28, 12:10 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Convidado
Convidado

Porque as pessoas são tão... burras? Empty Re: Porque as pessoas são tão... burras?

Mensagem por Convidado em 2010-02-27, 11:10 pm

Xico escreveu:Tirinha do xico

Disse tudo, é bem assim mesmo.

E Xico, nós sabemos que vosse tem problemas com mulheres, mas não se preocupe. Isso passa. Se não passar, você ganhará dinheiro e vai casar com alguma garota. Mesmo que você não case e seja solteiro o resto da vida sem pegar ninguem, nós ainda te amaremos I love you
avatar
Convidado
Convidado

Porque as pessoas são tão... burras? Empty Re: Porque as pessoas são tão... burras?

Mensagem por Convidado em 2010-02-27, 11:29 pm

o duro é que muitos rotulam,sao preconceituosos...
Na minha família tenho pessoas assim,é triste No

between também descobri que sou um bosta
avatar
Convidado
Convidado

Porque as pessoas são tão... burras? Empty Re: Porque as pessoas são tão... burras?

Mensagem por Convidado em 2010-02-28, 12:02 am

@Ermac
Obrigado por esclarecer, mas...
Ermac escreveu:alem do mais vc é um vc é um bosta muito querido por todos aqui. seu bosta.

q?

@Birger Brosa
Nem falei de mulher aqui D:
avatar
Convidado
Convidado

Porque as pessoas são tão... burras? Empty Re: Porque as pessoas são tão... burras?

Mensagem por Convidado em 2010-02-28, 12:37 am

Não interessa xico, nós te amamos Lol VT
avatar
Convidado
Convidado

Porque as pessoas são tão... burras? Empty Re: Porque as pessoas são tão... burras?

Mensagem por Convidado em 2010-02-28, 12:40 am

Birger Brosa escreveu:Não interessa xico, nós te amamos Lol VT

Também te amo I love you I love you
avatar
Convidado
Convidado

Porque as pessoas são tão... burras? Empty Re: Porque as pessoas são tão... burras?

Mensagem por Convidado em 2010-02-28, 1:15 am

Birger Brosa escreveu:Esse é um texto para que você reflita, não é pra ficar respondendo todas as perguntas, mas sim a pergunta principal.

-

Porque as pessoas são tão... burras?
Porque os jovens ricos agem como se isso fosse por causa deles?
Porque os jovens ricos não tem a mínima noção de que eles só são ricos por causa dos pais deles?
Porque a classe alta discrimina a classe baixa?
Porque devemos conceituar uma pessoa pelo que o pai dela é? Ela não pode ser diferente?
Porque ao mesmo tempo que a classe alta discrimina a classe baixa, ela copia coisas dessa classe?
Porque a grande maioria (de todas as classes) não consegue pensar outside the box?
Porque a maioria dos pobres é burra?
Porque também a maioria dos ricos é burra?
Porque diabos as pessoas não são avaliadas pela sua capacidade, e não pelo seu legado familiar?

Cansei de ver "mimimi, pobre deve fazer escola técnica e trabalhar como peão, já que não consegue pagar faculdade". Gosto bastante do ODD porque praticamente não vejo isso aqui, fora alguns loucos. Por sorte temos pessoas cabeças aqui. De cara posso citar Bob Joe e Wingprateado, que sei que concordarão comigo.

Um dos poucos tópicos meus nessa seção, dissertem ae =)

Nada é tão simples quanto parece...

Eu acho engraçado como nunca vi uma pessoa que se considere burra (embora já tenha encontrado mais gente burra do que os postcounts dos usuários daqui somados).

Nós geralmente temos a péssima mania de atrelar inteligência e capacidade com notas. Bom, isso é fail, mas o pq disso daria um outro tópico... Sem mais digressões, inicio:

O fato é que os ricos são arrogantes pq eles "dominam" o sistema capitalista. Eles são os maiores predadores do nosso mundo. Eles podem ter tudo que é vendido. Enquanto os pobres... Bem, não é culpa deles, mas os pobres são privados do maior bem que o dinheiro pode comprar: acesso ao conhecimento.

Óbvio que um idiota incapaz de reter conhecimento não vai se aproveitar dessa oportunidade. Mas qualquer pessoa com 100% do cérebro funcional sabe que isso é uma arma e tanto hoje em dia. Uma arma metafórica, é claro, você dificilmente vai ficar rico, mas pelo menos estará livre de acreditar de graça no que a massa (rica e pobre) acredita.

Já quanto a essa história de rico se achar melhor que pobre, eu defendo a seguinte visão: na sociedade capitalista, os ricos detêm o status quo. Isso significa que eles detêm o poder, e também o status. Ou seja, para um pobre ter status, ele deveria se comportar como rico. Isso abre dois caminhos para os pobres: ou eles vão em busca da sua própria cultura, ou eles tentam imitar os ricos. A primeira opção costuma ter mais nobreza em suas intenções, mas ainda assim, por causa da falta de recursos, o que acontece é que elas se tornam manifestações mais toscas (o que não impede elas de serem cativantes ou complexas). E a segunda opção é o cúmulo do ridículo. Comprar shox falso, camiseta "Disel" ou óculos da "Óklei" é se submeter à ditadura dos mais afortunados. Esse tipo de coisa eu critico, porque

RESUMO:
A grande maioria das pessoas que não aproveita a oportunidade da escola para criar senso crítico se torna um aglomerado de zumbis escravos da massificação da cultura e da alienação promovida pelo capitalismo. (E na minha humilde opinião, mesmo quem teve escola continuará assim, porque o mundo é feito de gente burra).
avatar
Convidado
Convidado

Porque as pessoas são tão... burras? Empty Re: Porque as pessoas são tão... burras?

Mensagem por Convidado em 2010-02-28, 1:37 am

Sieg escreveu:
Birger Brosa escreveu:Esse é um texto para que você reflita, não é pra ficar respondendo todas as perguntas, mas sim a pergunta principal.

-

Porque as pessoas são tão... burras?
Porque os jovens ricos agem como se isso fosse por causa deles?
Porque os jovens ricos não tem a mínima noção de que eles só são ricos por causa dos pais deles?
Porque a classe alta discrimina a classe baixa?
Porque devemos conceituar uma pessoa pelo que o pai dela é? Ela não pode ser diferente?
Porque ao mesmo tempo que a classe alta discrimina a classe baixa, ela copia coisas dessa classe?
Porque a grande maioria (de todas as classes) não consegue pensar outside the box?
Porque a maioria dos pobres é burra?
Porque também a maioria dos ricos é burra?
Porque diabos as pessoas não são avaliadas pela sua capacidade, e não pelo seu legado familiar?

Cansei de ver "mimimi, pobre deve fazer escola técnica e trabalhar como peão, já que não consegue pagar faculdade". Gosto bastante do ODD porque praticamente não vejo isso aqui, fora alguns loucos. Por sorte temos pessoas cabeças aqui. De cara posso citar Bob Joe e Wingprateado, que sei que concordarão comigo.

Um dos poucos tópicos meus nessa seção, dissertem ae =)

Nada é tão simples quanto parece...

Eu acho engraçado como nunca vi uma pessoa que se considere burra (embora já tenha encontrado mais gente burra do que os postcounts dos usuários daqui somados).

Nós geralmente temos a péssima mania de atrelar inteligência e capacidade com notas. Bom, isso é fail, mas o pq disso daria um outro tópico... Sem mais digressões, inicio:

O fato é que os ricos são arrogantes pq eles "dominam" o sistema capitalista. Eles são os maiores predadores do nosso mundo. Eles podem ter tudo que é vendido. Enquanto os pobres... Bem, não é culpa deles, mas os pobres são privados do maior bem que o dinheiro pode comprar: acesso ao conhecimento.

Óbvio que um idiota incapaz de reter conhecimento não vai se aproveitar dessa oportunidade. Mas qualquer pessoa com 100% do cérebro funcional sabe que isso é uma arma e tanto hoje em dia. Uma arma metafórica, é claro, você dificilmente vai ficar rico, mas pelo menos estará livre de acreditar de graça no que a massa (rica e pobre) acredita.

Já quanto a essa história de rico se achar melhor que pobre, eu defendo a seguinte visão: na sociedade capitalista, os ricos detêm o status quo. Isso significa que eles detêm o poder, e também o status. Ou seja, para um pobre ter status, ele deveria se comportar como rico. Isso abre dois caminhos para os pobres: ou eles vão em busca da sua própria cultura, ou eles tentam imitar os ricos. A primeira opção costuma ter mais nobreza em suas intenções, mas ainda assim, por causa da falta de recursos, o que acontece é que elas se tornam manifestações mais toscas (o que não impede elas de serem cativantes ou complexas). E a segunda opção é o cúmulo do ridículo. Comprar shox falso, camiseta "Disel" ou óculos da "Óklei" é se submeter à ditadura dos mais afortunados. Esse tipo de coisa eu critico, porque

RESUMO:
A grande maioria das pessoas que não aproveita a oportunidade da escola para criar senso crítico se torna um aglomerado de zumbis escravos da massificação da cultura e da alienação promovida pelo capitalismo. (E na minha humilde opinião, mesmo quem teve escola continuará assim, porque o mundo é feito de gente burra).

mas tem q pensar q tb tem aqueles que n tema oportunidade da escola.


quem ta no poder sempre é arrogante, não importa se pouco ou muito, sempre é. Os bonzinhos que detem o pdoer o perdem facil.
Nightmare Elf
Nightmare Elf
Admin OdD
Admin OdD

MBTI : INTJ
Mensagens : 5728
Data de inscrição : 22/08/2009

Porque as pessoas são tão... burras? Empty Re: Porque as pessoas são tão... burras?

Mensagem por Nightmare Elf em 2010-02-28, 1:46 am

Sieg escreveu: A primeira opção costuma ter mais nobreza em suas intenções, mas ainda assim, por causa da falta de recursos, o que acontece é que elas se tornam manifestações mais toscas (o que não impede elas de serem cativantes ou complexas). E a segunda opção é o cúmulo do ridículo. Comprar shox falso, camiseta "Disel" ou óculos da "Óklei" é se submeter à ditadura dos mais afortunados.

Verdade dita aqui, +1.


 

_________________________  ▲▼ _________________________

 
Membro da panela dos que tinham dragões antes disso ser legal
Porque as pessoas são tão... burras? OEEUwPorque as pessoas são tão... burras? 6sl9l



OdD 1: Ascensão 22/08/2009 - 20/07/2011
OdD 2: Queda 20/07/2011 - 22/03/2014
OdD 3: Atendendo a pedidos - 22/03/2014+
avatar
Convidado
Convidado

Porque as pessoas são tão... burras? Empty Re: Porque as pessoas são tão... burras?

Mensagem por Convidado em 2010-02-28, 12:14 pm

Sieg fez um belo post, complementa bem o objetivo do tópico. De fato as pessoas burras nunca se acham burras mesmo, elas se acham "normais". Talvez elas estejam certas, já que são maioria. Mas é fato, se você perguntar para uma pessoa se ela é inteligente, e ela responder sinceramente que é normal, ela é provavelmente burra. Normalmente uma pessoa inteligente sabe que é inteligente por meio de comparações.
Claro que não adianta perguntar isso em uma entrevista de emprego, já que pode ocorrer falsa modestia ou uma mentira mesmo.

Sieg, o que eu realmente não saco é porque somos obrigados a ser relacionados aos nossos pais. Tipo, meu pai é pobre, e por isso eu sou obrigado a me foder? Tem nego que diz aqui que quem é pobre não devia fazer faculdade e coisas do tipo por não poder pagar. Mas ninguém com 18~ anos é rico nem pobre. Os pais dessas pessoas são. Pena que a grande maioria não nota essa imensa diferença.
avatar
Convidado
Convidado

Porque as pessoas são tão... burras? Empty Re: Porque as pessoas são tão... burras?

Mensagem por Convidado em 2010-02-28, 12:44 pm

Birger Brosa escreveu:Sieg fez um belo post, complementa bem o objetivo do tópico. De fato as pessoas burras nunca se acham burras mesmo, elas se acham "normais". Talvez elas estejam certas, já que são maioria. Mas é fato, se você perguntar para uma pessoa se ela é inteligente, e ela responder sinceramente que é normal, ela é provavelmente burra. Normalmente uma pessoa inteligente sabe que é inteligente por meio de comparações.
Claro que não adianta perguntar isso em uma entrevista de emprego, já que pode ocorrer falsa modestia ou uma mentira mesmo.

Sieg, o que eu realmente não saco é porque somos obrigados a ser relacionados aos nossos pais. Tipo, meu pai é pobre, e por isso eu sou obrigado a me foder? Tem nego que diz aqui que quem é pobre não devia fazer faculdade e coisas do tipo por não poder pagar. Mas ninguém com 18~ anos é rico nem pobre. Os pais dessas pessoas são. Pena que a grande maioria não nota essa imensa diferença.


Cara, infelizmente uma das verdades do capitalismo é que quem nasce rico tende a continuar rico, e quem nasce pobre tende a continuar pobre. Isso é porque dinheiro não vem do nada. É preciso de investimento. Quem tem mais dinheiro tem mais condições de investir. Pega dinheiro do clã e investe em negócios diversos. Os filhos do Abílio Diniz, por exemplo, são, eles mesmos, empresários. Eles se financiaram com o dinheiro do pai, e embora sejam dois idiotas por completo, ganham mais grana que a renda familiar da OdD somada.

É uma maneira de manter o status quo. Essa situação em muito se assemelha à nobreza na Idade Média até os dias de hoje (obviamente em escala incomparavelmente melhor). É uma maneira de perpetuar a condição familiar. Se antes era pela genética, hoje é pela posse. É inegável o papel da natureza social do ser humano nessa condição. Conseguimos sentir compaixão, amor, afeto entre outros sentimentos que nos juntariam apenas com algumas pessoas mais próximas. Somos indiferentes ao resto do mundo. Por isso, se temos a possibilidade de ajudar uma pessoa próxima, o fazemos com muito mais benefícios do que se ajudássemos a alguem distante (que nesse caso seria um ato de caridade ou um negócio visando o lucro). Ou seja, indiretamente, alguem que nasce em família mais abastada, costuma ser mais abastado, ainda que nominalmente, não o seja.
avatar
Convidado
Convidado

Porque as pessoas são tão... burras? Empty Re: Porque as pessoas são tão... burras?

Mensagem por Convidado em 2010-02-28, 3:57 pm

Na maioria dos casos quem nasce rico realmente continua assim e quem nasce pobre continua a vida pobre,mas aí não fica só o fator de pais não terem dinheiro,etc
Muitos pobres acabam não tendo muito conhecimento,influenciados pela mídia e pelos ricos,mas também é por que eles não procuram as coisas,existem escolas públicas em que o cara pode estudar o básico pelo menos,fazer um supletivo,existem algumas ONGs que ajudam nisso,e quem sabe o cara não passa numa faculdade,consegue estudar melhor e mudar a vida

Mas isso é realmente difícil de acontecer,muitos desistem no caminho por que exige demais,mais fácil ficar tendo um pequeno trabalho e se conformar

A globalização e o capitalismo realmente ajudam muito a manter essa situação
avatar
Convidado
Convidado

Porque as pessoas são tão... burras? Empty Re: Porque as pessoas são tão... burras?

Mensagem por Convidado em 2010-02-28, 6:09 pm

Ah, diferentemente do que vocês pensam, eu não acho que pobre não deve ir pra faculdade não, eu acho que deve, se for inteligente.
Agora, prova=conhecimento, e conhecimento=dinheiro. Então óbvio que os ricos tem mais vantagem, mas talvez fosse interessante mudar o tipo das provas, para avaliar mais a inteligência, se isso for possível.
Aí por outro lado, começa a discriminar o cara que é burro mas é esforçado, que num teste de QI tira 90, mas na vida real é tão estudioso que é um ótimo profissional.
Aí entra o, ah vamos dar faculdade pra todo mundo, e temos um problema de logística.


Anyway, tem muita besteira aí no tópico, botar os pobres para fazer curso técnico já é uma coisa muito boa que a maioria não tem acesso.Um técnico não é um "peao", peão é o idiota q não completou a quarta série e trabalha cortando cana.
Se todos os pobres tivessem ensino técnico, a maioria teria capacidade de bancar uma boa educação(privada até) para os filhos.
Temos q ser realistas, um governo paizão q dá tudo pra todo mundo não adianta, porque além de sustentar vagabundo, não há tanto dinheiro.Seria mais justo q todo mundo tivesse pelo menos o básico, aí ao menos os filhos, caso o cara seja esforçado, possam ser "ricos".
Vai acontecer o mesmo q aconteceu com os ricos atuais, em algo momento eles já foram pobres(exceto alguns nobres, reis e tal).É q nem comigo, minha avó era pobre e morava no interior da bahia, ela trabalhou pra caramba e já deu uma vida melhor pra minha mãe, q deu uma vida ainda melhor pra mim.Ela nunca fez faculdade nem nada, e sempre foi pobre, mas pelo menos conseguiu montar uma família "rica".E ela não é uma excessão, a maior parte da família dela de 9 irmãos se deu bem também, exceto uma q era retardada e acabou morando na favela e esperando por programas sociais.
Aí vão dizer q eu sou burguês safado q só sou rico porque explorei os pobres, ok.
avatar
Convidado
Convidado

Porque as pessoas são tão... burras? Empty Re: Porque as pessoas são tão... burras?

Mensagem por Convidado em 2010-02-28, 6:16 pm

Tezcatlipoca escreveu:Ah, diferentemente do que vocês pensam, eu não acho que pobre não deve ir pra faculdade não, eu acho que deve, se for inteligente.
Agora, prova=conhecimento, e conhecimento=dinheiro. Então óbvio que os ricos tem mais vantagem, mas talvez fosse interessante mudar o tipo das provas, para avaliar mais a inteligência, se isso for possível.
Aí por outro lado, começa a discriminar o cara que é burro mas é esforçado, que num teste de QI tira 90, mas na vida real é tão estudioso que é um ótimo profissional.
Aí entra o, ah vamos dar faculdade pra todo mundo, e temos um problema de logística.


Anyway, tem muita besteira aí no tópico, botar os pobres para fazer curso técnico já é uma coisa muito boa que a maioria não tem acesso.Um técnico não é um "peao", peão é o idiota q não completou a quarta série e trabalha cortando cana.
Se todos os pobres tivessem ensino técnico, a maioria teria capacidade de bancar uma boa educação(privada até) para os filhos.
Temos q ser realistas, um governo paizão q dá tudo pra todo mundo não adianta, porque além de sustentar vagabundo, não há tanto dinheiro.Seria mais justo q todo mundo tivesse pelo menos o básico, aí ao menos os filhos, caso o cara seja esforçado, possam ser "ricos".
Vai acontecer o mesmo q aconteceu com os ricos atuais, em algo momento eles já foram pobres(exceto alguns nobres, reis e tal).É q nem comigo, minha avó era pobre e morava no interior da bahia, ela trabalhou pra caramba e já deu uma vida melhor pra minha mãe, q deu uma vida ainda melhor pra mim.Ela nunca fez faculdade nem nada, e sempre foi pobre, mas pelo menos conseguiu montar uma família "rica".E ela não é uma excessão, a maior parte da família dela de 9 irmãos se deu bem também, exceto uma q era retardada e acabou morando na favela e esperando por programas sociais.
Aí vão dizer q eu sou burguês safado q só sou rico porque explorei os pobres, ok.

prova nao eh conhecimento, prova é prova e não mede o conhecimento. eu t provo isso varias vezes c vc quiser; d resto, concordo contigo

tirando q esforço nao dá dinheiro. c nao eu q tava trabalhando pra minha empregada
avatar
Convidado
Convidado

Porque as pessoas são tão... burras? Empty Re: Porque as pessoas são tão... burras?

Mensagem por Convidado em 2010-02-28, 6:44 pm

Digo, provas de vestibular são conhecimento, dentre outras coisas.Embora, inteligência ajude a ganhar conhecimento, o cara burro q estuda muito pode mandar melhor q o inteligente q nao estudou nada.Claro que o cara q sabe tudo também pode ser foder, no entanto...


E esforço pode dar dinheiro ou não.Quer dizer, alguma coisa sempre dá.Mas tem que ser investido em algo melhor do que trabalhos domésticos se o cara quiser ganhar mais.
Mesmo um médico, formado, se ele trabalhar 10 horas por dia, ganha mais do q trabalhar 5.Digo, o mesmo médico.Não outro mais qualificado.
avatar
Convidado
Convidado

Porque as pessoas são tão... burras? Empty Re: Porque as pessoas são tão... burras?

Mensagem por Convidado em 2010-03-01, 9:10 pm

Porque a maioria das pessoas tem preguiça de pensar. É mais prático deixar a televisão falar o que elas devem ou não devem fazer.
avatar
Convidado
Convidado

Porque as pessoas são tão... burras? Empty Re: Porque as pessoas são tão... burras?

Mensagem por Convidado em 2010-03-01, 11:18 pm

Nobre Valente escreveu:Porque a maioria das pessoas tem preguiça de pensar. É mais prático deixar a televisão falar o que elas devem ou não devem fazer.

vc não devia falar assim da televisão

ela disse que vai te punir
avatar
Convidado
Convidado

Porque as pessoas são tão... burras? Empty Re: Porque as pessoas são tão... burras?

Mensagem por Convidado em 2010-03-02, 1:05 am

mimimi meu colega de classe playboy pega geral e tento achar defeitos nele.





Cara, rico não precisa estudar. Simples assim. Você estuda pelo conhecimento? Novidade pra vc: Quanto mais vc aprender, mais verá o quão burro vc é. Então desencana, tá? Se o cara é rico, foda-se ele. Ele não tem que trabalhar pra se sustentar, ele não tem que estudar pra arranjar um emprego pra se sustentar.
Fatos verídicos.
avatar
Convidado
Convidado

Porque as pessoas são tão... burras? Empty Re: Porque as pessoas são tão... burras?

Mensagem por Convidado em 2010-03-03, 12:11 am

Esse é um assunto difícil porque mexe com brios e com o que cada um tem como idéia de vida.

Primeira coisa é que precisa ter cuidado para não só chamar de sábias as pessoas que tem a mesma opinião que você.

Sobre ricos e pobres, a questão é bem humana. Todos tem seu orgulho, todos tem sua individulidade e todos tem sua arrogância. Normal, humano, são características de defesa social, quem se diz não ter nenhuma delas é socialmente fraco. Quando uma pessoa está em posição social privilegiada ela tende a se fechar no mundo perfeito, em sua zona de conforto.
Só que essa tranca só se lacra de dentro para fora. Ninguém vive sozinho, estamos em uma sociedade e tudo que você faz, ora ou outra vai voltar e te afetar. Por isso temos que ter uma mentalidade mais "formigueiro" e pensar socialmente, pensar que mesmo que você não seja uma pessoa solidária, que se preocupa com os que não tem oportunidade, essas pessoas podem entrar em um caminho do crime, podem não ter uma educação social e de uma forma ou de outra, esses são problemas que vão te afetar.

Sobre parentescos, isso é uma coisa interessante e histórica. Relações consanguineas são (e sempre foram) uma das poucas regras naturais e incontestáveis de passagem de poder. A família é a menor unidade social e sempre teve muito mais importância do que outras convenções sociais. Isso nunca garantiu que a prole tivesse a mesma competência do pai, mas era um meio seguro de transmitir dinheiro e poder sem que valesse regras menos "sociais", como a violência. Na sociedade moderna (e em algumas antigas desenvolvidas), a passagem de poder é feita através de uma pseudo-democracia onde teoricamente se valoriza o mérito e competência, e a importância da relação genética é diminuída ou excluída. Mas alguns vestígios disso ficaram na sociedade, como a passagem de bens para parentes mais próximos e casos de nepotismo. É natural alguém sentir orgulho de sua hereditariedade, final de contas o único objetivo concreto da vida é deixar algo construído para seus sucessores, mas aqueles defeitos humanos leva um adolescente a achar que é alguma coisa porque os avós vieram fugidos da Primeira Guerra e construíram um império.

Sobre a discussão de Ensino Superior, eu sou da opinião que Ensino Superior tem que se valer do nome: Superior. O técnico no Brasil hoje é muito desvalorizado, chegando a ser comparado com peão. Mas um país que quer crescer PRECISA de técnicos, gente com foco no operacional, e precisa que quem esteja no Ensino Superior seja a nata da intelectualidade do país e produza conteúdo e tecnologia. Separar essa aristocracia intelectual da elite econômica é impossível, mas é possível diminuir a discrepância, dando oportunidades iguais a todos. Digamos que em um país ideal o Ensino de Base seria sólido e padronizado, a seleção para o Ensino Superior seria disputada e quem não tivesse potencial de entrar em uma faculdade teria o Ensino Técnico Gratuito e de qualidade.
Sou contra qualquer tipo de privatização do Ensino. Ensino é questão estratégica em um país, não pode ser colocado nas mãos de empresários que sempre vão sempre visar mais o lucro e menos o desenvolvimento social do país.

Bom, é isso, espero que eu tenha feito algum sentido.
avatar
Convidado
Convidado

Porque as pessoas são tão... burras? Empty Re: Porque as pessoas são tão... burras?

Mensagem por Convidado em 2010-03-03, 11:57 pm

Bob Joe escreveu:Esse é um assunto difícil porque mexe com brios e com o que cada um tem como idéia de vida.

Primeira coisa é que precisa ter cuidado para não só chamar de sábias as pessoas que tem a mesma opinião que você.

Sobre ricos e pobres, a questão é bem humana. Todos tem seu orgulho, todos tem sua individulidade e todos tem sua arrogância. Normal, humano, são características de defesa social, quem se diz não ter nenhuma delas é socialmente fraco. Quando uma pessoa está em posição social privilegiada ela tende a se fechar no mundo perfeito, em sua zona de conforto.
Só que essa tranca só se lacra de dentro para fora. Ninguém vive sozinho, estamos em uma sociedade e tudo que você faz, ora ou outra vai voltar e te afetar. Por isso temos que ter uma mentalidade mais "formigueiro" e pensar socialmente, pensar que mesmo que você não seja uma pessoa solidária, que se preocupa com os que não tem oportunidade, essas pessoas podem entrar em um caminho do crime, podem não ter uma educação social e de uma forma ou de outra, esses são problemas que vão te afetar.

Sobre parentescos, isso é uma coisa interessante e histórica. Relações consanguineas são (e sempre foram) uma das poucas regras naturais e incontestáveis de passagem de poder. A família é a menor unidade social e sempre teve muito mais importância do que outras convenções sociais. Isso nunca garantiu que a prole tivesse a mesma competência do pai, mas era um meio seguro de transmitir dinheiro e poder sem que valesse regras menos "sociais", como a violência. Na sociedade moderna (e em algumas antigas desenvolvidas), a passagem de poder é feita através de uma pseudo-democracia onde teoricamente se valoriza o mérito e competência, e a importância da relação genética é diminuída ou excluída. Mas alguns vestígios disso ficaram na sociedade, como a passagem de bens para parentes mais próximos e casos de nepotismo. É natural alguém sentir orgulho de sua hereditariedade, final de contas o único objetivo concreto da vida é deixar algo construído para seus sucessores, mas aqueles defeitos humanos leva um adolescente a achar que é alguma coisa porque os avós vieram fugidos da Primeira Guerra e construíram um império.

Sobre a discussão de Ensino Superior, eu sou da opinião que Ensino Superior tem que se valer do nome: Superior. O técnico no Brasil hoje é muito desvalorizado, chegando a ser comparado com peão. Mas um país que quer crescer PRECISA de técnicos, gente com foco no operacional, e precisa que quem esteja no Ensino Superior seja a nata da intelectualidade do país e produza conteúdo e tecnologia. Separar essa aristocracia intelectual da elite econômica é impossível, mas é possível diminuir a discrepância, dando oportunidades iguais a todos. Digamos que em um país ideal o Ensino de Base seria sólido e padronizado, a seleção para o Ensino Superior seria disputada e quem não tivesse potencial de entrar em uma faculdade teria o Ensino Técnico Gratuito e de qualidade.
Sou contra qualquer tipo de privatização do Ensino. Ensino é questão estratégica em um país, não pode ser colocado nas mãos de empresários que sempre vão sempre visar mais o lucro e menos o desenvolvimento social do país.

Bom, é isso, espero que eu tenha feito algum sentido.



Primeiramente, antes da exposição de qualquer ideia, avalio necessário ser a menção de que sou integrante novo neste fórum, e muito me agrada o fato de encontrar pessoas com ânsia de expor pensamentos e trocar argumentações. Apresento-me por este tópico dado ao fato de que após rápida busca, notei a ausência de um tópico apropriado para tal.

Reservo-me a faculdade de fazer apenas um "quote" visto que o acima aborda boa parte do tema exposto pelos demais "posters".

Inicio expondo uma visão técnica da expressão "status quo". Não pretendo abordar questões históricas como evolução do sentido por não conhecer com aprofundamento necessário o assunto. Esta expressão de origem latina "statu quo" trata, de acordo com entendimento no Brasil, do mantimento de um estado de normalidade e funcionamento regular dos órgãos jurisdicionais, executivos e legislativos. Vejo, por esta definição, que não há o que se falar, apenas por hora, da inflência dos mais afortunados sobre o "status quo". Veja bem, digo isto apenas por hora.

Nosso colega de fórum, no "quote" acima, aponta um fato interessante e relevante para o ponto, este sendo que todos possuem nossa individualidades. Infelizmente, reconhecendo a válidade de seu argumento, tenho que discordar. Penso que apenas uma pequena minoria de pessoas, afortunados ou não, possuem individualidade própria. A individualidade própria não é presente de nascimento, como imaginam muitos, trata-se sim de uma introspecção profunda e demorada que cada pessoa busca para entender o que lhes satisfaz como essência. Digo isto observando a sociedade como um todo e de forma una. Apenas à partir deste momento, observamos que 90% das pessoas não conseguem desenvolver esta individualidade por alguns motivos, estes sendo, primáriamente a distração midiática, secundáriamente a opinião pública, terciáriamente, e talvez a mais grave de todas, falta de interesse em si mesmo. Atribuo à esta terceira uma relação direta com a primeira. Vejo um grande interesse em impedir um crescimento de individualidade nos seres dado ao fato de que à partir do momento que algo se mistura com sua essência, este algo passa a ser parte da sua individualidade, e se existe uma única pessoa que nós não traímos, somos nós mesmos. Por exemplo, um cidadão acredita, após muita reflexão sobre certo tema, que uma abordagem policial é uma afronta do estado à sua pessoa e dignidade. Este cidadão, portanto, ao ser abordado por um policial, irá preferir ser preso ao informar o estado algo sobre sua vida. Trata-se, este exemplo, apenas de um caso infinitamente banal perto do que estou tentando expor, mas o importante é que a mensagem seja compreendida por todos. Voltando ao assunto, de que modo o estado controlaria pessoas individuais? Ele não controlaria. (Espero que estejam enxergando a relação com o "status quo". Explico melhor posteriormente).

Concordo plenamente quando, no texto acima, o autor diz que "Quando uma pessoa está em posição social privilegiada ela tende a se fechar no mundo perfeito, em sua zona de conforto." Acontece que este tipo de comportamento é um mecanismo de autodefesa deste ser. Por todo lado que vivemos e andamos, somos cercados por probeza hedionda, feiura hedionda e ignorância hedionda. Trata deste assunto das hediondezas com brilhantismo Oscar Wilde "A Alma do Homem Sob o Socialismo" (Não percam o tempo comprando, a obra é de domínio público e está disponível na internet gratuitamente). As pessoas, sem absolutamente nenhuma exeção tem pavor de morte de acabar como as visões do dia à dia, admita este fato ou não. Também é, justamente por este motivo, que as pessoas fogem do título de burro. Quem recebe este título acredita estar praticamente condenado à uma vida de insucessos. Outro ponto a ser colocado em pauta é que este mesmo sistema hediondo é justamente o mesmo que mantém as pessoas trabalhando 5, 6 ou até mesmo 7 dias por semana por um salário ridículo. O medo é o alicérce do sistema captalista e não há nada que possamos fazer quanto a isso. A matemática é simples, trabalhar para comer, trabalhar para morar, viver para trabalhar. (Estão vendo a relação "status quo", individualismo e captalismo que estou tentando aperfeiçoar?).

Gostaria que o autor específicasse a seguinte frase "Na sociedade moderna (e em algumas antigas desenvolvidas), a passagem de poder é feita através de uma pseudo-democracia onde teoricamente se valoriza o mérito e competência, e a importância da relação genética é diminuída ou excluída." Desconheço tal assunto e, para conhecimento pessoal e melhor entendimento de ideias explicasse a linha de raciocínio adotada. Penso ser importante para futuras exposição de ideias. O que quer dizer com pseudo-democracia? Em quais sociedades "modernas"? Nas antigas desenvolvida, a referência era Roma e o sistema republicano?

Penso ser tendencioso e contraditório afirmar o autor "quoted" que "todos tem sua individulidade" e na sua conclusão afirmar que "o único objetivo concreto da vida é deixar algo construído para seus sucessores". O atual conhecimento da sociedade, mundo, vida, espaço e universo é tão limitado que me parece ser precoce afirmar isto. Cada pessoa encontrará no seu próprio propósito/individualidade a sua razão para viver, até mesmo por que não escolhemos nosso nascimento tampouco escolhemos nossa morte, a única coisa que nos sobra é a vida em si.

Faço das palavras do autor "quoted" as minhas "Ensino Superior tem que se valer do nome: Superior". Em se trantando de ensino superior, o brasileiro não me permite utilizar outro adjetivo, ridículo. Não vou expressar a solução para o problema para não incorrer em uma eventual expulsão do fórum, mas soluções enérgicas são necessárias. Penso que o maior problema, porém, está na base e, sem correção da base, não há como se falar em superior. Nós, que estamos no superior, temos que nos consciêntizar que é a isso que se resume e se esforçar ao máximo para sugar todas as informações necessárias para nossa formação. Em se tratando do ensino fundamental e médio, precisa-se mudar tudo, principalmente o professor. De que adianta asno ensinar? Este apenas formará outro asno e assim por diante. Veja bem, não estou generalizado, reconheço que existem profissionais absolutamente competentes, ocorre que, os piores superam os melhores em grande escala.

Concluíndo, tudo descrito acima faz parte de um problema só, este sendo, o estado. Não penso que o estado tem que acabar, até mesmo por que este se demonstra essêncial quando se trata de saúde, segurança e educação. O que precisa mudar é o espírito de inércia do povo (ao qual não vou explicar, por hora, a razão desta inércia), o estado por dentro, excluíndo dos cargos pessoas má intencionadas. Precisamos seperar interesse econômico de estado e os empresários precisam perder a inflência legislativa. Pouco importa o governante, este estará sempre amarrado às leis (Princípio da legalidade administrativa), o mais importante no país é o poder legislativo. Este que determina o que o estado irá ou não fazer.

Atualmente enxergo com clareza uma falta de vontade em libertar o povo de uma escravidão oculta. Quando se é contratado por uma empresa, implícitamente o empresário acredita estar comprando sua vida e não o seu trabalho, digo isto por experiência pessoal. O trabalho, pelo tempo que ele retira do cidadão, serve como arma para o ser apenas se preocupar com problemas alheios ao invés dos próprios. Caso tenha dificuldade em crer, basta, na próxima vez em que estiver no escrtiório, imaginar quando foi a última vez que leu um livro que gostava, ou andou pelo parque vazio em um dia de sol. Este "trabalho" também como diria Oscar Wilde, no mesmo texto, separa o indíviduo dele mesmo pois, quando o trabalho termina, o trabalhador já não possui forças para trabalhar nele mesmo, este quer apenas dormir ou esquecer os "problemas" herdados do trabalho. Daí à eterna fixação com futebol e com novelas e outras "culturas" controladoras. Tudo isto, ajuda manter o estado em seu mais perfeito "status quo". Povo enfraquecido, com ideias enfraquecidas, escolherão líderes eleitos pelo marketing devido ao cansaço de ter que procurar projetos de governos interessantes e evolutivos para a sociedade.

Espero não ter esquecido de detalhes. Vamos manter a circulação de ideias viva. Gostaria de saber a visão sobre as minhas palavras com grande influência do Oscar Wilde. Por se tratar de ideias pessoais não vou me desculpar por ofender alguém. No meu ver, não se pede desculpas por convicções próprias, é como pedir desculpas por pensar diferente.

*Gostaria de informá-los que tomo todas as medidas necessárias para defender minhas conclusões, textos e dissertaões. Por favor, se quiser copiar, pergunte ao autor primeiro, ou seja, para mim. Apenas escolhi me juntar à vocês por acreditar que neste fórum estão pessoas com pensamentos próprios e originais.

Qualquer dúvida, apenas responda o tópico. Vamos manter esta discussão viva.

Obrigado.


Última edição por thomas em 2010-03-04, 1:34 pm, editado 2 vez(es)
avatar
Convidado
Convidado

Porque as pessoas são tão... burras? Empty Re: Porque as pessoas são tão... burras?

Mensagem por Convidado em 2010-03-04, 9:58 am

thomas escreveu:wall of text...

bem vindo eliel thomas, gostei do seu post.
bem, como você é novo por aqui devo dizer que é complicado abrir uma discussão
quando vc expõe todos seus pontos de vista de uma única vez, ficaria mais legal
se vc abordasse uma ideia de cada vez. afinal, nao vale a pena dissertar sobre algo
sabendo que poucos lerão e menos ainda vão entender.
abraços
avatar
Convidado
Convidado

Porque as pessoas são tão... burras? Empty Re: Porque as pessoas são tão... burras?

Mensagem por Convidado em 2010-03-04, 1:13 pm

Na próxima vez serei mais suscinto para que todos possam opinar.

Mas mesmo assim, não há opiniões sobre a exposição?

Conteúdo patrocinado

Porque as pessoas são tão... burras? Empty Re: Porque as pessoas são tão... burras?

Mensagem por Conteúdo patrocinado


    Data/hora atual: 2019-08-17, 8:33 am